Arquivos de Categoria: Artigos

De um mundo em preto e branco ao fantástico universo da cor

Você sabia que as antigas tribos pré-históricas não viam colorido?
Pesquisas antropológicas comprovam que o homem pré-histórico, que habitava o interior das cavernas, enxergava em preto, branco, modalidades de cinza e castanhos. A evolução para a percepção das cores foi gradual e ao longo do tempo.

Formas de Linguagem

A linguagem exclusivamente visual (sem o auxílio do texto articulado), exige grande habilidade do criador para construir sua narrativa de forma a codificar a mensagem sem o auxílio da palavra. Os recursos plásticos, gráficos, virtuais e também os gestuais estão aí, podendo auxiliar no reforço da comunicação. Sabemos também que a preferência de uma linguagem à outra ou do recurso técnico que a constitui pode direcionar a mensagem para um determinado público.

Você sabe o que é xilogravura?

Quando falamos em GRAVURA, a primeira ideia que nos vem à mente é uma estampa impressa eletronicamente, daquelas usadas em calendários ou capas de caderno. Mas a arte da Gravura é bem diferente desse conceito popular.  Ela é uma arte muito antiga, trabalhosa e sobretudo extremamente prazerosa no seu processo de criação e produção.

A Experiência Estética

Ela não implica unicamente em absorver a beleza natural ou artística, por estarmos integrados à uma ou à outra, ou seja, não é a beleza da natureza nem o belo da arte que entra em nós; mas sim, nós é que penetramos nesses universos. Esta integração é possível porque a sensação estética é um sentir genuíno, aberto à natureza e à arte.

Arte, medicamento para a alma

Inúmeros estudos têm mostrado a presença da arte como elemento terapêutico, que beneficia a saúde do corpo e do espírito, melhorando a longevidade e a qualidade de vida. Mas, afinal, o que é essa manifestação mágica, que aguça a nossa sensibilidade, ampliando os sentidos e tornando mais complexa a nossa visão do mundo? E porque quando mergulhamos no universo da arte, nosso coração bate mais compassadamente e nossa aura torna-se mais azulada?